domingo, 10 de junho de 2012

Sobre saudade

São incontáveis as vezes nas quais afirmei: que saudade de ti, como sinto saudade, saudaaaaade, saudade sempre, sdds...
Mas, é inegável que nem sempre a grafia da palavra se estende ao real sentimento. Normalmente se aplica a pessoas, amigos, conhecidos, chegados que estão longe ou que nem estão longe ora geograficamente  ora sentimentalmente. O que estou querendo dizer é que eu não sinto saudade como todo mundo. As vezes quando digo q estou com saudade é um simples complemento do tchau
Ainda me veio a tona: Saudade de nunca ter tido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário